Educação para o futuro

  • Text describing my image here

Publicações do Fórum Econômico Mundial dizem que 65% das crianças que estão no ensino fundamental hoje vão trabalhar em profissões que ainda não existem. 57% dos empregos desaparecerão nos próximos anos, segundo estimativa do Banco Mundial. O futuro sempre foi incerto para todos, mas parece que chegamos a um estágio em que caminhamos para um cenário difícil de prever. Tudo isso causa muita insegurança nos estudantes, educadores e responsáveis.

O que fazer, então, para que a escola se mantenha eficiente no seu papel de formar jovens para atuar na construção desse mundo que precisa também ser transformado? O atual modelo de ensino precisa ser repensado coletivamente, com participação de educadoras e educadores, familiares e responsáveis e, claro, estudantes.

Betita Valentim e Cris Lacerda, sócias do Fab Lab Recife, compartilharam suas experiências e visões sobre os rumos da educação num texto publicado no Diário de Pernambuco sobre o assunto. Clique aqui para ler.

 

Categoria

Patrocínio
Parceiros