fbpx

Já pensou em criar seu próprio personagem?

Oficina Maker #FazEmCasa
PERSONAGENS GEOMÉTRICOS

Você sabia que, na natureza, a matemática está presente em quase tudo? Pois é, as formas das coisas vivas sempre têm uma razão ser do jeito que são. A natureza (esse planeta vivo onde a gente mora) está sempre adaptando as formas dos seres vivos para que tudo funcione da melhor forma e sem gastar muita energia. A gente te dá um exemplo! 

Sabe a casinha da abelha? Elas são feitas naquele formato bonito, com as partes bem encaixadinhas, para aproveitar ao máximo tanto o espaço quanto o material. Gênias! A concha dos moluscos ou as pétalas de uma flor crescem seguindo um padrão matemático. 

Tá, mas o que tudo isso tem a ver com geometria? Eis o X da questão! Na Oficina Maker #FazEmCasa dessa semana, nós vamos experimentar diversas combinações de formas geométricas para fazer personagens 3D em papelão. O desafio é fazer com que os personagens consigam ficar em pé, ou seja, que a gente encontre uma proporção entre elas, imitando a natureza. E aí? Com quais formas geométricas você vai criar seus personagens? Vem com a gente!

MATERIAIS E FERRAMENTAS

  • Papelão
  • Régua
  • Lápis ou caneta
  • Transferidor (opcional)
  • Compasso (opcional)
  • Tesoura
  • Tintas e lápis coloridos para decorar

PASSO A PASSO

Nós vamos usar como base para as nossas estruturas as formas geométricas. Para facilitar, vamos cortar primeiro os moldes. Para o círculo, você pode usar um compasso, mas se não tiver, você pode usar o que tiver por aí, por exemplo, um copo ou qualquer outra coisa circular que você possa usar como guia. Para fazer quadrados e triângulos você pode usar réguas.

Depois que todas as formas que você pretende usar estiverem desenhadas no papelão, vamos recortar.

Além dos círculos, quadrados e triângulos que costumamos usar, existem outras formas geométricas como losango, hexágono, elipse e trapézio. E aí, qual dessas é a forma mais encontrada nas casinhas de abelhas? O hexágono!

Agora vamos para os encaixes. Ao redor das peças, vamos fazer algumas marcações para depois cortar e fazer os encaixes. Para isso vamos marcar com um lápis onde vamos fazer o recorte. Para cada encaixe, nós vamos fazer dois tracinhos muito próximos um do outro – a distância entre eles deve ser igual à largura do papelão. Depois, é só fazer dois cortes com uma tesoura.

Para eliminar o pedacinho de papelão que ficou aí no meio,  você só precisa empurrá-lo um pouco para um dos lados e recortar com a tesoura, como nas fotos acima.

Agora é só fazer o recorte dos encaixes em todas as marcações, de todas as formas geométricas. Depois, é hora de testar se os encaixes estão funcionando bem.

Agora que está tudo se encaixando é hora de decorar. Você pode usar tinta, canetinha colorida, ou o que você tiver por aí. Depois, é só repetir o processo e fazer quantas peças você quiser. Quanto mais melhor!

Agora você pode ir testando e criando objetos e personagens com as suas estruturas, é só usar a imaginação. Por aqui, fomos construindo sem planejar muito e, no final, ficou parecido com um drone ou um satélite. Inspirados pela ideia do satélite , resolvemos construir como personagem um astronauta, que teria como missão fazer reparos neste satélite. Fizemos os testes com as estruturas que já tínhamos e ficou mais ou menos assim.

Agora que já sabíamos quais estruturas precisávamos para nosso astronauta, fizemos algumas estruturas específicas para ele. Para a cabeça, um círculo do tamanho dos outros. No círculo, desenhamos o capacete e o rosto do astronauta. Depois recortamos

Depois, fizemos o corpo. Cortamos um retângulo grande e, nele, fizemos alguns detalhes para parecer um traje espacial. Depois, recortamos os encaixes nos locais que iríamos precisar juntar a cabeça, os braços e as pernas. No final, ainda fizemos alguns detalhes para seus sapatos

Pronto! Nosso astronauta maker – ou seria uma astronauta maker?
– está preparado para explorar o universo e cumprir sua missão de consertar o satélite!

** DICA DE OURO DA TIA MANDY **

Você pode encaixar uma forma geométrica diretamente na outra como fizemos no exemplo acima ou criar uma pecinha que vai conectar as duas formas geométricas como neste exemplo à direita.. Para criar esse conector, você só precisa cortar um pequeno retângulo e fazer um encaixe em cada uma das suas pontas. É uma peça curinga, que pode te ajudar muito no processo criativo. 

CARACTERIZANDO OS PERSONAGENS

O seu processo de criação dos personagens geralmente acontece de dois jeitos diferentes. Ou você corta várias formas e vai criando e experimentando na hora, de improviso, ou cria o desenho do personagem no papel e depois já corta as formas geométricas que precisar. Nenhum processo é melhor que o outro. Bom mesmo é você fazer do jeito que é mais fácil e divertido para você.

Agora vamos ver algumas dicas sobre como deixar nossos personagens mais interessantes!

O ROSTO

A expressão do personagem diz muito sobre ele. E as sobrancelhas podem ajudar muito a expressar o que o personagem está pensando, sentindo ou fazendo. Veja esse exemplo: os olhos e as bocas são iguais. Mudando apenas as sobrancelhas conseguimos expressões bem diferentes.

AS FORMAS

A própria forma geométrica usada pode falar bastante sobre um personagem. Veja esse experimento dos ratinhos. Você consegue dizer qual é o vilão e qual o mocinho? Se você pensou que o ratinho que tem um círculo como base é o mocinho e o que tem um triângulo com base é o vilão, você provavelmente assiste bastante desenho animado e já sabe como as coisas funcionam nas animações!

Isso acontece porque normalmente as formas mais arredondadas são ligadas as pessoas boazinhas, as quadradas são ligadas a heróis fortes e as triangulares são mais ligados a vilões.

E aí? Gostou de fazer seus personagens? Que tal agora criar uma história sobre eles? Separamos uma playlist de vários vídeos com dicas e técnicas de animação  stop motion! A animação stop motion é simples de fazer. Nós já fizemos algumas vezes com a turma de makers da Maker School e todo mundo adora. Sem falar que você pode fazer usando o seu próprio celular, ou o dos seus pais.

Se você se animar com a prática e tiver vontade de incentivar outras pessoas a fazer o mesmo, compartilhe nas redes sociais com as hashtags #FazEmCasa #MakerSchool #FabLabRecife. Pode marcar o @fablabrecife na postagem, que a gente ajuda a espalhar essas sementinhas de Cultura Maker por aí.

Obrigado e até a próxima!

 

Parceiros